Técnicas de Cruzamento

Inbreeding - prática utilizada entre os criadores com muita experiência, pois é uma técnica que cruza um cão com um ancestral direto ou descendente. Essa prática é arriscada pois ela ajuda a fixar grandes qualidades existentes num determinado padreador e da mesma forma pode fixar os grandes defeitos e problemas daquele animal;

Linebreeding - esse cruzamento é feito entre cães de parentesco indireto e possui menos consaguinidade. Também possui o risco de salientar os defeitos do padreador se não for um cruzamento bem pré-avaliado e estudado pelo criador. Os cães de parentesco indireto são tios,sobrinhos,primos,etc;

Outcrossing - é feito entre cães que não possuem nenhum parentesco mas os pais nasceram de cruzamentos consaguíneos;

Outbreeding - esse último é feito entre cães sem nenhum parentesco direto ou indireto.

As duas últimas técnicas citadas são feitas geralmente por criadores iniciantes e são cruzamentos menos arriscados. É importante frisar que o domínio da genética requer anos de estudos entre muitas gerações.