Adaptação

Quando o filhote é separado da mãe é normal que ele chore e procure pelos irmãos e pela própria mãe. Para que ele se sinta confortável nas primeiras noites procure colocá-lo em um local quente com um pano que possua o cheiro da mãe. Observe se ele sente algo como vômito ou diarréia que podem ser ocasionados pelo stress da mudança. Mantenha sempre água fresca ao alcance dele. Nos primeiros dias mantenha sempre seu filhote por perto para que ele se acostume com os novos donos e já crie os vínculos com sua nova família.Toda adaptação é uma fase delicada mais com amor, carinho e atenção tudo se tornará mais fácil.

Alimentação

No começo de suas vidas os filhotes necessitam apenas do leite da mãe para iniciarem seu crescimento de forma saudável. Após um período de 30 dias podemos começar a introduzir a ração para filhotes que pode ser dada em forma de papinha ou misturada com água para amolecer e não machucar os dentinhos que estão nascendo, reforçando que eles continuaram a mamar e essa fase é chamada de desmame. Ao completar 45 dias os filhotes já podem ser afastados da mãe para ficarem apenas com a ração.Existem muitos tipos, sabores e marcas no mercado. Na primeira consulta, o veterinário recomendará o tipo de ração que você deverá fornecer ao filhote. A quantidade de ração a ser dada varia com a raça e o peso do animal.Mesmo que o filhote rejeite a ração, insista. Não fique tentando oferecer outro tipo de alimento como carne e arroz, isso só vai piorar, tente tornar a ração atrativa para o filhote.

Vacinas

Os animais devem ser imunizados antes de começarem a freqüentar as ruas. Existem muitas doenças virais que podem acometer os cães e são causadoras de um grande número de mortes, principalmente nos filhotes. As vacinas múltipla (V8 ou V10) e anti-rábica são obrigatórias em qualquer esquema de vacinação.

Além dessas vacinas, existe a imunização contra a leishmaniose ou calazar. Essa vacina é aplicada em regiões onde a doença é comum e deve ser antecedida de exames para detectar se o cão já tem a doença.

Vermifugação

A mãe pode transmitir vermes aos filhotes, tanto pela placenta como pelo aleitamento. Como forma de prevenção podemos vermifugar a fêmea antes do acasalamento.Após o nascimento todos os filhotes devem ser vermifugados da seguinte forma:Animais adultos devem ser vermifugados com frequência, principalmente antes das vacinas anuais.

Dentição

A troca de dentes se inicia com 3,5 meses de idade e termina aos 6 meses. O cão tem grande tendência a formar tártaro, o que provoca o mau-hálito e a perda precoce dos dentes permanentes. O cão adulto possui 42 dentes. Pedaços de cenoura crua podem ser oferecidos entre as refeições para que o cão seja estimulado a roer, assim como ossos artificiais (couro) ou naturais (joelho de boi). O ato de roer é a escovação natural do cão. Os dentes do Fila Brasileiro caracterizam-se pela maior largura em relação à altura. São fortes e claros. Os incisivos superiores, largos na base e afiados na ponta. Os caninos são poderosos, bem inseridos e afastados.